16.03.10

 

“Um homem percorre o mundo inteiro em busca daquilo que precisa e volta a casa para encontrá-lo”

George Moore

 

(Versão alargada da emissão especial no aniversário da Rádio Zero)

 

Uma palavra sobressaiu neste quase um ano de meio de entrevistas. Mais do que Pátria, Futuro ou Nação:
 

Casa.
 

Chamada por uns de Refúgio, por outros de Base, só no exterior lhe damos verdadeiramente valor.

Como um Domingo longo e preguiçoso na companhia dos mais próximos vale uma fortuna, quando palmilhamos a 12ª Província.

 

Este é o meu Domingo.

 

 

OUVIR Das nossas raízes se estende o mundo

 

 

*Música

Xavier Rudd - Energy Song

**Quadro

Picasso – Paisagem Mediterrânica

sinto-me: Punk
música: Xavier Rudd
publicado por Alex às 12:14

24.03.09

 

Versão alargada da peça “Ser Português” de Alexandre Matoso, difundida na cerimónia de encerramento do Inov Contacto (edição 2008/2009) na Associação Comercial de Lisboa no passado dia 20 de Março.

 

Depois, do que é ser português para a imagem cristalizada de Portugal. Testemunhos de Artur Gil, Alexandre Matoso, Filipe Carrera, Hernâni Gomes, Pedro Matos, Custódio Portásio, Inês Magalhães, Lígia Fernandes, Isabelle Fahd, Rita Duarte, José Menezes, Rui Ah Lima, Sara Pimpão e Bryan Rentes.

 

Proust afirmou, ‘Uma obra de arte que contém teorias é como um artigo sem etiqueta de preço". Benvindos à Décima Segunda Província.

 

 

### OUVIR O amor inventou o desenho 

 

 

(Quadro: Mnemosyne - A Mãe das Musas, de Lord Frederick Leighton)

sinto-me: Apresentativo
publicado por Alex às 13:34

09.03.09

O artista criador deixa atrás de si uma figura, uma imagem sua, susceptível de ser retocada até ao último minuto, mas que a morte fixa para sempre.” Não cheguemos à morte, cheguemos até que outra pessoa lhe ponha um microfone à frente. E se for a própria pessoa? Eis o verdadeiro mito germânico de Migdar. Pegando na emissão especial da Décima Segunda Província no Aniversário da Rádio Zero, retomamos a entrevista a Alexandre Matoso com a intervenção corajosa de Ana Ribeiro do programa Station to Station. Um cocktail pirotécnico: música irlandesa  a cappella, duas preciosidades da SMUP (não sabem o que é? Eu repito: Sociedade Musical União Paredense) e ainda um excerto de uma biografia de Winston Churchill.

“O homem é uma realidade dividida”. Esta é a primeira parte.

 

 

 ### OUVIR Este reino é o da verdade

 

  

(Músicas: Excerto de Cumparsita (Tango – Matos Rodrigues / Fortunato Sousa), Nerva (P. Doble – Manuel Rojas) e Paulinho (Marcha – Simões Ribeiro), gravadas em 1998 pela Banda da Sociedade Musical União Paredense sob a direcção do Maestro Joaquim Alferes. Citações: Eduardo Lourenço do livro Heterodoxia I)                              

sinto-me: Filarmónico
música: Sociedade Musical União Paredense
publicado por Alex às 17:02

12.01.09

 

 

Com o estúdio cheio, três pessoas fecharam-se no aquário, só se viam as bocas a mexer.

Quem eram estas pessoas, afinal do que é que se falou?

 

Primeira parte da questão:

Pedro Matos, Engenheiro do Território do Técnico, actualmente a trabalhar em sistemas de informação com o Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas no Darfur, viveu em Madrid, Roma e Paris.

Filipe Carrera , já trabalhou em cerca de 30 países e foi recentemente premiado como Most Outstanding Trainer in the World pelo Congresso Mundial da JCI 2008 (Nova Deli, Índia).

 

 

### OUVIR O ponto (e vírgula) de encontro

 

 

Segunda parte da questão?

Só na Décima Segunda Província.

“Daqui para a frente o mundo não será menos globalizado.”

 

Continuando o mini-ciclo de conversa a dois.

(Um obrigado especial a Custódio Portásio por proporcionar este encontro de reputados viajantes)

sinto-me: Realizado
publicado por Alex às 22:23

30.12.08

 

A vida é feita de dualidades, noite-dia, chuva-sol, 2008-2009, Portugal-Luxemburgo, Hernâni Gomes-Custódio Portásio...fiquemos por aqui.

Aproveitamos para inaugurar na Décima Segunda Província o mini-ciclo de conversas a dois (ou a três vá, dois a falar, e um inteligentíssimo mediador a ouvir).

Nesta primeira conversa a dois, gravada nos estúdios da Rádio Zero, opomos Hernâni Gomes (já conhecido dos ouvintes) a Custódio Portásio (uma primeira introdução).

 

 

### OUVIR Especial Natal

 

 

A sociedade portuguesa, a classe política, os movimentos cívicos, eurodeputados, diferenças regionais, a âncora de idealistas, a formação de elites, oportunismo e oportunidades, a crise, os pinheiros falsos-verdadeiros e um derradeiro apelo à destruição das árvores de Natal em Lisboa.

“Portugal não pode esperar mais” 

sinto-me: No quartel-general
publicado por Alex às 13:20

A 12ª Província é um local. Tem a geografia da distância, do caminho, da saudade. Tem um tempo próprio na fronteira de cada pessoa. Não tem voz: tem ouvido. É o testemunho. De um povo andarilho espalhado pelo mundo: os portugueses.

A 12ª Província foi um programa de Alexandre Matoso.
Passou na Rádio Zero todas as Terças-Feiras às 20:30 entre Outubro de 2008 e Novembro de 2011.

Para qualquer informação: matoso.a@gmail.com

Facebook
Check-In
free counters
arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
mais sobre mim
blogs SAPO